bpss

A Escola Secundária José Gomes Ferreira, em Benfica, acolheu o roadshow do concurso BP Segurança ao Segundo. Os pilotos Miguel Oliveira e Miguel Barbosa, e Salvador Mendes de Almeida, da Associação Salvador, falaram com os alunos sobre prevenção e segurança rodoviária.
Por Vera Valadas Ferreira

IMG 8227

Os 50 participantes do Brisa Student Drive Camp 2018 foram convidados a penetrar nos mundos da condução, do automobilismo e da segurança rodoviária. Karting, aulas de condução, operações stop e simuladores são algumas das experiências saboreadas nesta Academia com o apoio do Instituto Politécnico de Viseu e da Câmara Municipal de Viseu.

AcadEnerg peq

Castelo Branco é, em 2019, a Capital Jovem da Segurança Rodoviária!

O Município do Porto, através do Gabinete da Juventude em parceria com a Federação das Associações Juvenis do Distrito do Porto (FAJDP), a Federação Académica do Porto (FAP) e com o apoio do Instituto Português de Juventude (IPDJ), desenvolve o projeto CAPACITA. TE 2017, um Plano Local de Capacitação de Jovens e Dirigentes Associativos Juvenis, com o objetivo de melhorar as aptidões e competências dos jovens em geral e dos dirigentes associativos em particular. O projeto CAPACITA. TE tem como grupo alvo os dirigentes das associações juvenis, das associações de estudantes do ensino secundário, das associações de estudantes do ensino superior e jovens em geral. No âmbito da Capital Jovem de Segurança Rodoviária Porto 2017, vai realizar-se a ação “Técnicas de Suporte Básico de Vida” no próximo dia 21 de outubro entre as 09h-13h e as 14h-19h na Casa das Associações, sito na Rua Mouzinho da Silveira, 234, 4000 Porto. Objetivos do módulo “Técnicas de Suporte Básico de Vida”: - Conhecer o sistema integrado de emergência médica; - Saber ligar 112 eficazmente; - Identificar situações de risco imediato, procedendo ao exame primário da vitima; - Posição lateral de segurança; - Executar e identificar os riscos inerentes à execução das manobras de rcp; - Realizar algoritmo de suporte básico de vida em vitimas em paragem cardiorrespiratória. Formadora: Carla Soares A participação é gratuita, limitada a 20 participantes por módulo e contempla material didático e coffee–break. Para mais informações e para inscrição prévia, deverá aceder a http://capacita.te.cm-porto.pt
No âmbito do projeto “Porto Capital Jovem da Segurança Rodoviária”, a Câmara Municipal do Porto organiza três dias de atividades para o mês de junho sobre a “Segurança Rodoviária”. As atividades vão decorrer ao longo do dia, desde as 10h até às 16:30h, e têm como objetivo sensibilizar os diferentes públicos-alvo para este tema. Programa: Data: Dia 6 de junho Horário: 10:00 – 13:00h e 14:30 – 16:30h Local: EB Falcão - Rua do Falcão, 708 Data: Dia 13 de junho Horário: 10:00 – 13:00h e 14:30 – 16:30h Local: EB S. Roque - R Ourique Data: Dia 20de junho Horário: 10:00 – 13:00h e 14:30 – 16:30h Local: EB Corujeira - Praça da Corujeira

A Reitoria da Universidade do Porto recebeu a final do Desafio BP Segurança ao Segundo, nos passados dias 4 e 5 de maio.

Vindas de vários pontos do país, as cinco equipas lutaram pelo título, filmando e editando um vídeo que sensibiliza para as principais causas de morte dos jovens nas estradas nacionais. Numa das salas da Reitoria da Universidade do Porto, a equipa verde vai colocando os adereços sobre a mesa: um relógio, um cinto, uma gravata, um par de brincos. À medida que os colegas vão preparando o cenário, o capitão de equipa, Hugo Cação, recorda o que há em comum entre estes objetos: “fazem clique”. O objetivo do vídeo da equipa verde, explica, é “criar uma narrativa com imagens de um quotidiano de um casal que sair de casa”. Através do seu vídeo, a equipa vinda do Instituto Técnico Artístico e Profissional de Coimbra procura salientar que, num dia normal, a estes objetos quotidianos, deve juntar-se o clique do cinto de segurança. “Há tantas coisas que nos habituamos a fazer automaticamente – esta devia ser mais uma delas”, reforça Hugo Cação. Um pouco antes, ao início da tarde do primeiro dia da final, durante a sessão de acolhimento, o Diretor da Forum Estudante, Gonçalo Gil explicou que cada equipa teria 2 horas para filmar e 2 horas para editar os seus vídeos que duram, no máximo 30 segundos. Conforme relembrou o representante da Ogilvy, João Soares da Costa, este é um período de tempo bastante curto. “Em publicidade, estes trabalhos costumam durar um ou dois dias – este é um desafio intenso porque sabemos que vocês são capazes”, sublinhou.

BPSS. Segurança até à final